ESPECIAL SUPERNATURAL | Melhores Episódios

Siga e Compartilhe:

Na semana que vai ao ar o episódio de número 300 de Supernatural, resolvi fazer um especial para relembrar momentos memoráveis da série, personagens incríveis e matar um pouco a saudade desses momentos que fizeram parte da vida dos fãs.

No ar ah 14 anos e com quase 300 episódios, não é uma tarefa nem um pouco fácil fazer uma seleção de melhores episódios. Supernatural é recheada de momentos incríveis e não tem como selecionar só alguns. Mas com o coração muito apertado vou tentar trazer pelo menos os episódios mais marcantes:

Piloto (Temporada 1- Episódio 1)

Não tem como escolher melhor episódio de Supernatural sem citar o primeiro. Não por ser o piloto, mas porque esse é um dos melhores pilotos de série. Nos primeiros 45 minutos de vida conhecemos todo o plot que irá se desenrolar em todos esses anos. A morte de Mary Winchester, as desavenças entre Sam e John, a proteção escancarada que Dean tem com seu irmão, a explicação do “negócio da família” a primeira caça, trazendo a tona a primeira lenda abordada na série, a da mulher de branco, as músicas que se tornaram uma característica marcante da série. Poucos pilotos deixaram tão claro a proposta da série e o que ela tinha para mostrar.

Bloody Mary (Temporada 1 – Episódio 5)

As primeiras temporadas de Supernatural são de fato as melhores, não atoa eram as temporadas mais assustadoras. Um dos episódios mais assustadores de toda a série é o episódio que conta a lenda da Bloody Mary, ou maria sangrenta aqui no Brasil. Reza a lenda que se você disser o nome dela três vezes na frente do espelho você invoca a bruxa, o que não deu muito certo na série rendendo uma trilha de mortes e de cenas assustadoras. A cena final em que a personagem sai do espelho e ganha forma humana é disparada uma das mais bizarras que já aconteceram na série.

Pesadelo (Temporada 1 Episódio 14)

Esse episódio foi o primeiro a trazer alguém com “habilidades especiais” que no final da segunda temporada seria de grande importância para o desfecho com o demônio do olho amarelo, além de trazer pela primeira vez os Winchesters vestidos de padre. O Sam sempre teve medo de descobrir que era malvado ou que se tornaria um vilão, ao se deparar com alguém como ele que decidiu matar a família para se vingar dos abusos e se viu tentando convencê-lo a desistir, sentiu que tinha mais controle sobre sua vida. Pesadelo não é um dos mais empolgantes episódios da série, mas tem uma importância muito grande para a história dos irmãos.

Armadilha do diabo (Temporada 1 Episódio 22)

No encerramento da primeira temporada temos um dos momentos mais memoráveis da série, os três Winchesters juntos lutando contra os planos do demônio de olho amarelo. Além de ser uma das melhores season finale esse episódio é o único em que os três, vivos, enfrentam juntos algo. Já que os irmãos passaram a temporada inteira em busca do pai. Supernatural encerra a temporada com um Cliffhanger sensacional envolvendo um acidente com todos os Winchesters.

Na hora da minha morte (Temporada 2 Episódio 1)

READ  CRÍTICA | Em um thriller intenso, Jake Gyllenhaal brilha em “O Culpado”

Outro episódio importante que seria impossível deixá-lo de fora. Nesse inicio de temporada temos a primeira menção aos ceifeiros, a ideia de pacto com o demônio que depois se torna de extrema importância e o encerramento da participação de Jefrey Dean Morgan como John Winchester vivo, já que ele morre nesse episódio após fazer um pacto para salvar a vida de Dean.

Blues da Encruzilhada (Temporada 2 Episódio 8)

O episódio que conta a história dos pactos, de vendas de almas, e toda a história dos cães do inferno, acaba se tornando importante não pelo episódio em si, embora seja um excelente episódio, mas pela trama que acaba tendo uma importância enorme para o desenvolvimento dessa temporada e da terceira inteira. O episódio é incrível, principalmente em termos de roteiro, unir a história dos cães com a origem do Blues foi muito interessante.

Dolorosa Missão (Temporada 2 Episódio 17)

O primeiro interesse amoroso de Sam, depois da trágica morte de Jessica no primeiro episódio tinha que ser um lobisomem que não teria cura não é? Não tem uma coisa boa na vida desses meninos. Nesse episódio os irmãos tentam desvendar o assassinato de um executivo e acabam descobrindo que se tratava de uma mulher que se transformava durante a lua cheia e não tinha nenhuma lembrança disso no dia seguinte. No final o Sam acaba matando-a para evitar danos maiores, o problema é que durante o episódio eles criam uma afeição um pelo outro e isso torna o peso na consciência dele ainda maior.

Todo o inferno a solta parte 2 (Temporada 2 Episódio 22)

Nesse episódio final de temporada descobrimos toda a história envolvendo os jovens que foram visitados pelo demônio na mesma noite em que Sam foi visitado, rendendo um dos melhores finais com Sam morto sendo trazido a vida após um pacto que Dean fez. Juntos impedem que os portões do inferno permaneçam abertos, diminuindo o que poderia ser um estrago enorme e com a ajuda de John, que havia saído pelo portão, matam o demônio do olho amarelo encerrando esse arco.

Dia ruim em Black Rock (Temporada 3 Episódio 3)

Esse é especialmente muito engraçado, Sam e Dean vão investigar um roubo em uma propriedade de John e descobrem que o objeto roubado era um pé de coelho. O objeto passa toda a sorte para quem o usa, mas no momento que o dono perde, o jogo vira e todo o azar toma conta. Até que eventualmente quem o possui morra. Sam acaba tocando no pé de coelho e suas cenas azaradas são sensacionais, o episódio é inteiramente incrível e ainda serviu de introdução para a Bella Lugosi, personagem que eventualmente fez várias participações ao longo das temporadas.

Terror na delegacia (Temporada 3 Episódio 12)

Nesse episódio Sam e Dean ficam presos em uma delegacia com o delegado Henricksen por causa de uma armação de Bella e acabam tendo que salvar todos os funcionários de Lilith. O demônio que quer manipular o Sam para que ele a ajude a cumprir os selos que podem trazer Lúcifer do inferno. Quase todo o episódio se passa dentro da delegacia, a tensão é grande e é um dos melhores episódios sem dúvidas e com personagens extremamente memoráveis, como Nancy, a secretária religiosa que temia morrer virgem, mas Lilith aparece de surpresa no corpo de uma criança e eles não conseguem se livrar, todos acabam morrendo no final.

READ  MTV MOVIE & TV AWARDS 2021 | Confira os indicados da premiação deste ano

Enfrentando o Capeta (Temporada 3 Episódio 16)

No encerramento da temporada vemos Dean ser arrastado para o inferno pelo cão, embora os Winchesters tenham passado toda a temporada tentando de alguma maneira resolver a situação causada pelo pacto que Dean fez no final da segunda temporada, para salvar a vida de Sam, eles acabam sendo cobrados e Dean vai direto para o inferno. Um final sensacional para uma das melhores temporadas da série, que curiosamente é a menor temporada.

A ressureição de Lázaro (Temporada 4 Episódio 1)

O inicio da quarta temporada é um dos mais importantes da série. Além de trazer Dean de volta do inferno e ter a introdução dos anjos na trama, esse é também o episódio que trás o Misha Collins no papel de Castiel, que viria a se tornar um dos personagens mais importantes de toda a série e que se mantém ativo até hoje.

Que vida terrível (Temporada 4 Episódio 17)

Em um episódio alternativo, supernatural mostra como seria a vida  dos irmãos Winchester se não fossem caçadores. Dean como um executivo que adora drinques e jornais e o Sam como um funcionário de uma grande empresa, que trabalha fazendo suporte técnico. É um ponto de vista interessante porque mostra que ambos poderiam ter uma vida feliz se não fossem criados no mundo em que foram. Mesmo sem terem muita consciência do que fazem, eles acabam caçando e descobrindo que aquilo é tudo uma invenção de Zachariah.

 

Lúcifer em ascensão (Temporada 4 Episódio 22)

No encerramento da temporada Lilith ,com a ajuda de Ruby e Sam, consegue romper os selos e trazer Lúcifer para a terra, direto do inferno. Dean, embora não consiga impedir o rompimento dos selos, traz Sam de volta a si e juntos matam Ruby. Lilith morre no ritual para abrir o inferno. A cara de ódio do Dean representou absolutamente todos nós.

Trocando de canal (Temporada 5 episódio 8)

Não tem condições de fazer uma lista de melhores episódios e não colocar esse. Em trocando de canal, Dean e Sam foram parar no mundo da televisão e precisavam interpretar os papéis para conseguirem sair. É também o episódio em que descobrimos que não existe um Trickster e que na verdade o brincalhão é o Arcanjo Gabriel. Trocando de canal é, além de um dos melhores episódios da série, um dos mais engraçados de todas as temporadas.

Canção do Cisne (Temporada 5 Episódio 22)

O episódio que mudou toda a história da série. Muita gente acredita que esse deveria ter sido o final da série, muitas teorias alegam que foi o fim da humanidade e tudo o que aconteceu depois não foi real, teorias não faltam. Mas ninguém discorda que é sim um episódio inesquecível. Sam aceita ser a casca de Lúcifer e  junto com Adam, que está sendo casca de Miguel acaba indo para o inferno depois de conseguir todos os anéis dos cavaleiros do apocalipse. Poderia de fato ser o final da série, teria sido um fim digno e ambíguo. Mas não acabou e tudo bem, já se passaram quase dez anos da exibição de Canção do Cisne e Supernatural já trouxe outros episódios tão memoráveis quanto.

READ  SÉRIES | “A Misteriosa Sociedade Benedict” ganha data de estreia e trailer

O erro francês (Temporada 6 Episódio 15)

Mais um episódio de realidade alternativa e sem dúvida outro que entra fácil na lista de episódios mais engraçados. Sam e Dean vão para uma realidade paralela em que eles são atores e interpretam dois irmãos que são caçadores em uma série chamada Supernatural. O episódio mostra a vida dos atores Jared Padalecki e Jensen Ackles e se passa dentro dos sets de filmagem da série mesmo.

O sacrifício (Temporada 8 Episódio 22)

Nesse final de temporada Dean consegue impedir que Sam realize os últimos testes, uma vez que se ele conseguisse iria fechar os portões do inferno, mas em contrapartida ele morreria no processo. Ao mesmo tempo que os portões do céu são abertos e os anjos começam a cair em uma das cenas mais bonitas da série.

Ficção de Fã (Temporada 10 Episódio 6)

No episódio de número 200 da série, os roteiristas fazem uma edição especial. Quando os Winchesters vão fazer uma investigação em uma escola, descobrem que os estudantes estão fazendo um musical baseado nos livros Supernatural. O episódio é inteiramente dedicado aos fãs, colocando na trama algumas teorias, alguns ships e o musical é absurdamente emocionante ao som da música tema da série Carry on my wayward son do Kansas.

Alfa e ômega (Temporada 11 Episódio 23)

No desfecho dessa temporada, Dean, Sam, Crowley, Castiel e Rowena se unem para tentar destruir a Escuridão, mas não são fortes o suficiente e Deus entra no combate contra Amara e finalmente fazem as pazes, feliz por estar em paz com seu irmão e grata a Dean por tê-la ajudado, Amara dá o que Dean sempre quis, sua mãe de volta.

Scoobynatural (Temporada 13 Episódio 16)

Após uma investigação sobre mortes estranhas em umas lojas, Sam e Dean acabam sendo transportados para o mundo de Scooby Doo e precisam desvendar, junto com a Scooby Gang, quem é o vilão da história que está causando mortes dentro do desenho animado. O episódio além de ser sensacional e extremamente engraçado, bateu vários recordes de audiência para a série, principalmente aqui no Brasil.

 

Deixe os bons tempos rolarem (Temporada 13 Episódio 23)

Em um épico final de temporada, a série resgata uma profecia antiga lá da quinta temporada. Que dizia que Dean como casca de Miguel iria matar Lúcifer. Foi disparado uma das melhores temporadas da série e sem dúvida um dos episódios mais incríveis, no final Miguel assume o corpo de Dean e desaparece, encerrando a temporada com o maior Cliffhanger dos últimos tempos.

São quase 300 episódios e apesar de altos e baixos Supernatural segue firme conquistando nova audiência e mantendo fãs antigos. A série entrou para a história já e após 14 anos convivendo com os Winchesters fica cada vez mais difícil pensar no adeus, que sim, é necessário. Mas não quer dizer que seja fácil.

Todas as temporadas finalizadas de Supernatural estão disponíveis no Prime vídeo.

Table of Contents

Autor do Post:

Yara Lima

author

Uma das fundadoras da Tribernna, estudante de comunicação social, nordestina e periférica. Divide o tempo entre ler, dormir e escrever por ai!

    Rate article