3T INDICA | 4 dramas coreanos, recheados de #GIRLPOWER, para maratonar

Siga e Compartilhe:

É de conhecimento geral que toda personagem feminina, em dramas asiáticos, são representadas como bonecas de porcelanas que necessitam seriamente de um CEO rico para colocar sua vida em equilíbrio. A mulher bibelô que, ou trabalha como secretária, e sempre é maltratada pelo patrão e acaba casando com o mesmo no fim do drama, ou é uma mulher pobre que aceita um contrato de casamento com um cara qualquer rico que a achou bonitinha, ou é a adolescente inteligente que se apaixona pelo pior tipo de bad boy existente.

Esses eram os típicos casos de histórias contadas na maioria dos dramas favoritos dos ‘dorameiros’ de plantão. Não vou mentir, com o tempo eu fui aprendendo a relevar muitos comportamentos dos personagens masculinos simplesmente por achar que era da “cultura asiática” esse tipo de tratamento, e assim como pensei na ficção, muitas mulheres pensam e sofrem isso na vida real, e hoje, especialmente, estou aqui para lembrar que a mulher deve ser tratada e escutada com o devido respeito e que o céu é o limite para as suas realizações. O dia 08 de março é um lembrete mundial de que toda mulher tem voz forte o suficiente para comandar o seu próprio destino e depender apenas dela.

Os tempos agora são outros, e finalmente já podemos apreciar personagens femininas fortes e com papéis essenciais nos dramas, principalmente nos coreanos, então resolvemos indicar, neste dia tão especial, 4 dramas coreanos recheados de #GIRLPOWER para serem maratonados neste mês.

#1: BE MELODRAMATIC

O melodrama da JTBC foi ao ar em 2019 e tem um total de 16 episódios. A trama principal gira em torno de Im Jin-Joo (interpretada por Chun Woo-Hee), Lee Eun-Jung (interpretada por Jeon Yeon-Bin) e Hwang Han-Joo (interpretada por Han Ji-Eun), as três são melhores amigas desde sempre e possuem personalidades completamente diferentes que juntas se encaixam com maestria.

Jin-Joo é assistente de escritores de dramas famosos, seu maior sonho sempre foi o de fazer a sua própria história, mas nunca tinha espaço o suficiente para dar sua opinião. O drama inteiro é uma ideia de escrita vinda da cabeça de Jin-Joo, os fatos da realidade e ficção misturam-se perfeitamente e tudo se encaixa como se tivesse sido uma história milimetricamente orquestrada e roteirizada por ela.

Eun-Jung é uma diretora de documentários famosos, e apesar de ser bastante independente e não gostar de ter ajuda de terceiros, ela entra em depressão profunda depois da morte de seu noivo. Sua história é a superação de uma mulher egoísta que conhece o amor, começa a entender que precisa de outra pessoa e que depois de toda a aceitação de uma vida feliz ela é jogada no fundo de um poço sem nenhum tipo explicação. A evolução da personagem durante o drama é linda de se acompanhar, primeiramente ela tem alucinações constantes com seu noivo, inserindo-o em seu dia-a-dia como se ele nunca tivesse partido e isso preocupa suas amigas e seu irmão mais novo. Após inúmeros diálogos solitários ela percebe que precisa de ajuda e admite para as pessoas que ama o medo que tem em ‘esquecer’ o amor da sua vida.

READ  CRÍTICA | “Você nem Imagina” o quão especial é o novo filme da Netflix

Han-Joo era uma garota que fazia faculdade de publicidade e acaba engravidando de seu namorado, o tempo passa, a criança nasce e as complicações começam a aparecer. Hwang Han-Joo é abandonada com um filho de menos de 1 ano de idade, sem emprego e nem experiência, apenas com seu diploma em mãos e a certeza de que sempre teria o apoio de suas amigas.

As três resolvem morar juntas devido um acidente que ocorre com Lee Eun-Jung, e apesar desse ser o principal motivo, o que elas ainda não sabiam é que na realidade uma precisava da outra o mais urgentemente possível. Entre idas e vindas diárias, as três mulheres aprendem a conviver, superar e enfrentar toda e qualquer dificuldade nova que o destino resolvia jogar em suas costas. Hwang Han-Joo se torna uma excelente profissional e uma mãe participativa no crescimento de seu filho. Im Jin-Joo consegue conciliar o trabalho e a vida amorosa da forma mais engraçada e inusitada possível e Lee Eun-Jung transforma sua dor e a processa lentamente passando por todas as fases necessárias do luto. Be Melodramatic encontra-se disponível no site do DramaFansubs completo para assistir online ou fazer download. Confira o trailer

#2: HER PRIVATE LIFE

Já fizemos crítica de Her Private Life aqui, e é sempre bom relembrar como Sung Deok-Mi (interpretada por Park Min-Young) é parecida com a realidade da maioria das fãs espalhadas pelo mundo. Muitas vivem em segredo e com vergonha de expor que seguem algum tipo de modinha do momento, outras simplesmente decidiram aceitar o destino e trabalhar para negociar a vida de fã com a vida profissional.

Deok-Mi é uma jovem garota que sempre teve quedinha por idols famosos e sua mãe não aceitava que esse tipo de ‘devoção’ interferisse no desenvolvimento da filha e a proibia de sair seguindo os famosos por onde bem entendesse. Deok-Mi viveu reprimida por um tempo até que conquistou a independência financeira e pode, finalmente, ter a sua própria casa onde pudesse seguir com seu trabalho de fã longe dos olhos de águia da mãe.

A Srta. Sung preza pelo anonimato digital e está sempre equipada com uma câmera, uma mochila e uma roupa toda preta acompanhada de uma máscara com chapéu, que cobre seu rosto completamente para seguir seu cantor favorito, mas não esquecendo nunca de seu trabalho super importante como curadora em uma galeria de arte. Sua vida tem uma reviravolta quando conhece Ryan Gold (interpretado por Kim Jae-Wook), que depois de seguidos mal entendidos resolve proteger a integridade da Srta. Sung em uma forma cavalheiresca louvável.

Apesar de inicialmente os dois não se darem muito bem, o relacionamento deles vai se tecendo na base da conversa e confiança e é o que tem de mais bonito neste drama, a forma como ele entende e apoia as decisões dela e como ela vai desvendando e encorajando-o a enfrentar os fantasmas de seu passado. Sung Deok-Mi e Ryan Gold são o retrato do casal moderno que podem de tudo se tiverem o apoio um do outro.

READ  FILMES | Mortal Kombat divulga pôsteres animados de seus personagens principais

Her Private Life foi outro drama de 2019 mas que foi distribuído pela tvN, ele possui 16 episódios e encontra-se disponível no site do DramaFansubs completo para assistir online ou fazer download. Confira o trailer

#3: STRONG WOMAN DO BONG-SOON

Do Bong-Soon (interpretada por Park Bo-Young) é uma jovem de um pouco mais de 1,50m de altura que possui uma força inimaginável. Esse poder corre nas veias de todas as mulheres de sua família, mas era uma dádiva limitada que poderia cessar no momento em que fosse usada de forma não honesta.

Bong-Soon é o tipo de personagem forte que sabe o que quer e não leva desaforo para casa, mesmo com sua força, sua personalidade nunca foi mudada para algo mais masculinizado que se “encaixasse” no que ela pregava. Sempre andando alegre e saltitante com suas roupas e humor colorido, Bong-Soon cativou An Min-Hyuk (interpretado por Park Hyung-Sik) com sua agilidade em se livrar de caras ruins.

Min-Hyuk é CEO de uma empresa de vídeo games e vê em Do Bong-Soon a pessoa perfeita para ser o seu guarda costas, você não leu errado, a mocinha de 1,50m vai proteger o carinha de quase 1,90m SIM com unhas e dentes. Bong-Soon reflete sobre a possibilidade de trabalhar como segurança e engatar o sonho de desenvolver um vídeo game protagonizado por ela, já que a mesma é programadora.

O clichê corre solto no drama inteiro, mas não temos CEO chato menosprezando a protagonista e nem melhor amigo manipulador fazendo de tudo para que o casal principal não dê certo. No começo, Bong-Soon tem sim um tombo enorme por In Kook-Do (interpretado por Ji Soo), seu amigo de infância, com o tempo ela percebe o quão sem fundamento é esta paixão e permite seu coração errar algumas batidas pelo seu novo chefe.

An Min-Hyuk claramente se apaixona primeiro e mesmo declarando seu amor ele não força Do Bong-Soon a amá-lo de volta, pelo contrário, ele abre seu coração e o deixa nas mãos da garota para que ela decida o que fazer quando sentir-se confortável em conversar sobre o assunto. Ressaltando que o drama é do comecinho de 2017 e esse tipo de atitude não era comum nos roteiros lançados até então, e que ele bateu o recorde de audiência da JTBC e saiu quebrando os esteriótipos de personagens mulheres que não serviam para defender ninguém.

Strong Woman Do Bong-Soon possui 16 episódios e encontra-se disponível no site do DramaFansubs completo para assistir online ou fazer download. Confira o trailer

#4: ROOKIE HISTORIAN GOO HAE-RYUNG

E que tal um drama histórico para encerrar nossa lista? Goo Hae-Ryung (interpretada por Shin Se-Kyung) sempre gostou muito de ler, e essa sua vontade pelo saber fez com ela se tornasse uma contadora de história em Joseon em pleno século 19. Mesmo lendo e interpretando livros para as mulheres da alta sociedade Hae-Ryung não se sentia satisfeita e gostaria de conhecer histórias mais sérias, com cunho político e decisivo.

READ  K-NEWS | Lee Kwang-Soo poderá protagonizar o próximo drama do escritor de “Possessed”

O sonho de Hae-Ryung não poderia estar mais próximo de se realizar, o governo finalmente abriria vagas para mulheres historiadoras na corte e isso fez com que boa parte das mulheres educadas da vila prestassem o processo seletivo, para srta. Goo era tão importante o que estava acontecendo que a mesma largou a sua festa de noivado para seguir adiante com o seu objetivo.

Goo Hae-Ryung passa a ser historiadora oficial do palácio e começa a sofrer as ‘consequências’ de ser mulher em um ambiente completamente masculino, tanto ela quanto as outras escolhidas eram excluídas das reuniões e das atividades reais dos historiadores e eram designadas a fazerem a limpeza dos livros já escritos; eram sempre as últimas a receberem salário, muitas vezes quando chegavam a sua vez não tinha mais o que ser recebido e todas ficavam sem receber pelo mês inteiro de trabalho árduo.

Apesar de trazer alguns leves exageros, Rookie Historian Goo Hae-Ryung retrata a desigualdade de gêneros e as diferenças salariais entre classes e mesmo com todos os problemas sendo berrados aos pés do rei, tudo era ignorado e processado de forma que agradasse sempre os simpatizantes da monarquia. Hae-Ryung sofre até entender qual é o seu papel como historiadora e aos poucos começa a se posicionar e ajudar suas colegas iniciantes a dizer não para o patriarcado e abraçar o ofício como prometeram quando assumiram seus respectivos cargos.

Rookie Historian Goo Hae-Ryung, foi um drama de 2019 com 40 episódios distribuídos pela emissora MBC e encontra-se disponível no site do DramaFansubs completo para assistir online ou fazer download. Confira o trailer.

Espero que tenham curtido as indicações, e lembrem-se: todo dia é dia da mulher, todo dia é dia de apoio feminino em qualquer área sendo ela de interesse comum ou não. O lugar da mulher é onde ela bem quiser: de escritora a diretora; mãe solteira a fã descabelada; de guarda costas a historiadora, a vida de cada uma delas é definida e traçada pelos seus desejos. Não se encaixem nos padrões feitos por pessoas que não entendem o básico de ser humano, explodam qualquer regra que não se aplique na sua verdade e seja você mesma e ame a nova pessoa que você se torna todos os dias, por quê você, mulher, é tudo isso e muito mais.

Autor do Post:

Barbara Sales

https://www.instagram.com/_barbarasales_/

Estudante de Economia pela Federal do Ceará, aspirante à contabilista, aprendiz da Corvinal e, acima de tudo, dorameira cinéfila nas horas vagas.

    Rate article