FILMES | Roteirista de Death Note falam sobre a má recepção do filme

Siga e Compartilhe:

Charley e Vlas Parlapanides, roteiristas de Death Note da Netflix, concederam entrevista ao ComicBook e falaram sobre a má recepção do filme.

Declarou Charley:

“O que posso dizer é que, na minha opinião, o filme funcionou. Mas, trata-se de uma indústria onde existem perspectivas diferentes de todos os envolvidos. Nós estávamos lá em 2006 lendo cópias em PDF de ‘Death Note’, com traduções feitas por fãs. Tentamos escrever essa versão o mais fiel possível. E acredito que todos sabem que vários outros roteiristas trabalharam nela após nós dois.”

E concluiu Vlas:

“Ficamos muito tristes por conta da recepção do público. Queríamos apresentar algo que deixasse todos contentes. Todos os roteiristas têm esse objetivo. E Jeremy Slater fez um trabalho muito bom na versão final, mas a visão dele era diferente da nossa. Entendemos as decisões que foram tomadas, de qualquer forma. Mas, com certeza existe a decepção por não ter agradado aos fãs.”

O filme foi dirigido por Adam Wingard e trouxe Nat Wolff como Light, e Willem Dafoe serviu como a voz de Ryuk. Uma sequência está em desenvolvimento, com Greg Russo responsável pelo roteiro.

Autor do Post:

Guilherme Simões

Estudante de publicidade, fotógrafo amador, podcaster nas horas vagas, entusiasta de futebol americano, e em busca da pizza perfeita.

READ  FILMES | “A Lenda de Candyman” apresenta primeiro site interativo que é ativado por voz
Rate article