HBO MAX | CEO da AT&T defende lançamento de filmes no streaming

Siga e Compartilhe:

Depois de tanta polêmica envolvendo o lançamento simultâneo de filmes da Warner nos cinemas e no HBO Max em 2021, John Stankey, CEO da AT&T, defendeu esta estratégia como foi revelado pelo jornalista Joe Fint em seu .

“O CEO da AT&T, John Stankey, diz que a mudança do cinema para a HBO Max é sobre como fazer o produto chegar ao consumidor em um momento em que muitos ainda estarão relutantes em voltar aos cinemas.”

“Sim, há algum ruído (de Hollywood) sobre isso, mas isso agrega valor a Max e mantém o fluxo para os cinemas. John Stankey diz que os impactos de longo prazo de sua mudança para o filme HBO Max serão ditados pelo que os consumidores escolherem fazer.”

De acordo com o The New York Times, representantes de vários atores e diretores ficaram extremamente insatisfeitos com a situação, muitos deles teria sido avisados apenas 90 minutos antes do anúncio oficial, enquanto outros só souberam após o fato consumado.

Especula-se que o lançamento de TENET no meio da pandemia tenha sido um dos fatores decisivos para que essa decisão do HBO Max fosse tomada. O filme arrecadou pouco mais de US$ 350 milhões mundialmente, ficando bem longe do resultado esperado.

Autor do Post:

Guilherme Simões

Estudante de publicidade, fotógrafo amador, podcaster nas horas vagas, entusiasta de futebol americano, e em busca da pizza perfeita.

READ  FILMES | Estrelado por James McAvoy e Claire Foy, “Meu Filho” estreia no Prime Video em março
Rate article