FILMES | Patty Jenkins revelou o que achou da Mulher Maravilha em Liga da Justiça

Siga e Compartilhe:

Em entrevista ao CinemaBlend, Patty Jenkins falou sobre as mudanças que Joss Whedon fez em Liga da Justiça:

“Liga da Justiça? Não… Sinto que todos os diretores da DC sentiram (os problemas) assim como os fãs. A versão (cinematográfica) contradiz não apenas o primeiro filme da ‘Mulher-Maravilha’ de diferentes maneiras, como ‘Mulher-Maravilha 1984’, que já estava em produção na época. Então, você se pergunta, ‘O que vou fazer agora?’ É como se precisasse jogar a bola em duas direções diferentes para que tudo funcionasse.”

Contou.

“A questão é que, quando Zack (Snyder) estava no comando, todos sabiam como o filme seria. E ele sempre mostrou grande apoio na minha visão para a franquia da Mulher-Maravilha. Quando as mudanças começaram, tentaram transformar a Liga da Justiça em outra coisa. No final das contas, a reação foi, ‘Não consigo reconhecer esses personagens. Não sei o que aconteceu aqui.’ “

Zack Snyder era o diretor original de Liga da Justiça, mas foi retirado do projeto para a entrada de Joss Whedon. Whedon refilmou e alterou grande parte da trama, e o resultado foi um fracasso colossal de público e crítica dado a importância da equipe de heróis. Comovidos pelo suicídio da filha de Snyder, a campanha Release The Snyder Cut, que pede pela versão do diretor, ajudou a arrecadar mais de US$ 100mil para prevenção do suicídio, com fãs se mobilizando pela causa.

A Liga da Justiça de Zack Snyder será disponibilizado em 2021 no HBO Max e de acordo com o diretor terá cerca de 2h e 30 minutos de conteúdo nunca visto antes. O filme será lançado em formato de uma minissérie dividido em quatro episódios com seis capítulos e epilogo.

Autor do Post:

Guilherme Simões

Estudante de publicidade, fotógrafo amador, podcaster nas horas vagas, entusiasta de futebol americano, e em busca da pizza perfeita.

READ  FILMES | “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” será lançado somente no cinema
Rate article