FILMES | Ray Fisher recusa projetos sob a atual direção da DC Films

FILMES | Ray Fisher recusa projetos sob a atual direc~ao da DC Films image 0 3T INDICA
Siga e Compartilhe:

Ray Fisher anunciou que não aparecerá mais em nenhum filme da DC produzido por Walter Hamada.

Nas redes sociais, Fisher vinculou uma notícia recente sobre Hamada e escreveu que ele é “o tipo mais perigoso de facilitador”:

Walter Hamada is the most dangerous kind of enabler.

FILMES | Ray Fisher recusa projetos sob a atual direc~ao da DC Films image 1

His lies, and WB PR’s failed Sept 4th hit-piece, sought to undermine the very real issues of the Justice League investigation.

I will not participate in any production associated with him.

A>Ehttps://t.co/07OJ74PJra

FILMES | Ray Fisher recusa projetos sob a atual direc~ao da DC Films image 2

— Ray Fisher (@ray8fisher) December 30, 2020

Desde seus comentários iniciais em julho, Fisher buscou responsabilização pelo que aconteceu no set das refilmagens da Liga da Justiça, pressionando por uma investigação sobre a Warner Bros. Pelo relato de Fisher, Whedon foi rude e abusivo, e aqueles dentro da DC Films buscaram esconder isso debaixo do tapete. Isso inclui Geoff Johns (a quem Fisher acusou de várias microagressões) e Walter Hamada, o atual presidente da DC Films. Hamada, em particular, disse Fisher, tentou jogar Whedon e Jon Berg debaixo do ônibus para fazer Fisher aliviar Johns.

Os únicos filmes que serão lançados da DC em que Fisher está escalado são o Snyder Cut da Liga da Justiça e, potencialmente, The Flash. Hamada não está listado como produtor em The Flash, então o papel de Fisher provavelmente não será prejudicado. No entanto, a nova declaração de Fisher sugere que seu futuro na DC pode não ir além dos projetos aos quais ele já está vinculado.

Autor do Post:

Guilherme Simões

Publicitário, fotógrafo amador, podcaster nas horas vagas, entusiasta de futebol americano, e em busca da pizza perfeita.

READ  GAMES | Final Fantasy 7 Remake demorará um pouco para ser baixado
Rate article