FILMES | As flores no universo de Jogos Vorazes

FILMES | As flores no universo de Jogos Vorazes photo 0 3T INDICA
Siga e Compartilhe:

A saga Jogos Vorazes foi um dos maiores fenômenos da década de 2010. O primeiro longa-metragem foi lançado em 2012, estrelando Jennifer Lawrence no papel de Katniss Everdeen e Josh Hutcherson no papel do padeiro mais amado do cinema, Peeta Mellark. Os livros e os filmes tornaram-se fenômenos gigantescos pelo significado democrático e anti-ditadura que o tordo adquiriu ao longo da narrativa.

Sua influência é tanta que o silencioso símbolo dos 3 dedos, que representa “agradecimento, admiração, adeus a alguém que você ama”, foi utilizado como forma de protestos na Tailândia em 2014. A população lutava contra um governo tirânico que tomou o poder e extinguiu as bases democráticas do país, similar ao que aconteceu nos livros e filmes. Os mais ricos exploravam os mais pobres.

Como deve ser, imagino, viver num mundo onde a comida surge com um apertar de botões? Como eu passaria as horas que agora dedico vasculhando a floresta em busca de sustento se a comida fosse assim tão fácil de se conseguir? O que eles fazem o dia inteiro, essa gente da Capital, além de decorar os próprios corpos e esperar cada novo suprimento de tributos que vão morrer para garantir a diversão deles?

Entretanto, eu escolhi debater algo menos observado e divulgado por nós, fãs da jornada épica de Katniss contra a Capital. Enquanto a inspiração de mentes mais jovens contra poderes ditatoriais é a peça central da trama, existe um detalhe interessante que a autora Suzanne Collins deixou sutilmente na saga. Vários personagens do livro possuem nomes de flores. E outras plantas aparecem ao longo da história com significados curiosos. Então, decidi falar um pouquinho das principais.

Katniss

Nada mais justo do que começar pela protagonista. Katniss é uma planta aquática que possui como nome científico Sagittaria sagittifolia. Trata-se de uma planta com folhas em formato de seta, daí seu nome, o qual compartilha a origem etimológica latina da palavra “sagitário”. Por isso, ela também é conhecida como “seta” ou “ponta de flecha”. Bem apropriado, não acha?

Sua flor possui três pétalas brancas, mas sua notoriedade parte do fato de ser comestível. Tanto suas folhas como seus tubérculos são comestíveis, e o gosto de suas raízes é comparado ao da batata-doce, como a própria personagem Katniss compara no primeiro livro. Hoje em dia, a planta é encontrada na Europa e Ásia.

Dá pra notar o formato de flecha ou seta na folhagem de katniss

Primrose

O nome de Primrose, irmã de Katniss, é uma nomenclatura estrangeira para a flor conhecida como “prímula” no Brasil. Existem mais de 400 espécies dentro da família Primulaceae. Estas flores são geralmente cultivadas por ornamentação, entretanto, é desta planta que é extraído o “óleo de prímula” conhecido como “cura-tudo”. Portanto, sua principal característica é seu poder medicinal.

READ  CRÍTICA | “The Nevers”, o X-Men só de mulheres de Joss Whendon

O nome da personagem também harmoniza com o nome da flor, já que Primrose torna-se uma médica/enfermeira através dos ensinamentos da mãe, a qual trabalhou com ervas medicinais durante a juventude.

A flor é nativa da Ásia e geralmente floresce ao fim do inverno, estando desabrochada na primavera.

Catnip

A erva-gateira ou “erva dos gatos” é conhecida no meio científico por Nepeta cataria. Essa planta libera um odor muito atraente para os bichanos, deixando-os mais felizes e relaxados. Isso acontece pelo fato da erva possuir uma substância chamada “nepetalactone”, a qual estimula o bulbo olfatório, as amígdalas e o hipotálamo dos gatos.

Como o hipotálamo é responsável pelas emoções e reações corporais, os felinos ficam mais à vontade e seu instinto predador é estimulado, fazendo-os correr muito mais e “atacar”. Existem muitos brinquedos com essa erva alojada em seu interior.

FILMES | As flores no universo de Jogos Vorazes photo 1

Nos livros, Gale chama Katniss carinhosamente de “Catnip” por duas razões. A primeira é que, quando Katniss se apresenta a Gale, ela fala seu nome tão baixo que ele não entende “Katniss”, e sim “Catnip”. A segunda razão é que, em um dia de caçada, um lince (um felino gigante) começou a seguir Katniss incessantemente, como um gato faz quando sente o cheiro da erva. A partir daí, Gale começa a chamá-la pelo apelido. Já nos filmes, a razão do apelido não foi explicada.

Buttercup

Em uma tradução livre, buttercup significa algo como “copo de manteiga”. Talvez tenha recebido seu nome pela cor amarela, que lembra bastante a cor da manteiga. Seu nome científico é Ranunculus cortusifolius e seu habitat natural são as ilhas Canárias e os Açores. Ela é cultivada com o intuito de ornamentar ambientes.

Nos livros, Primrose (a personagem, óbvio) nomeia seu gato de “Buttercup” pelo fato de as cores de sua pelugem e da flor serem a mesma. Mas Katniss discorda veementemente da irmã. Por achar que o gato seria só mais uma boca para alimentar, Katniss tenta afogar o bichano, mas desiste. Desde então, os dois não se dão muito bem. E com razão.

Dente-de-leão

A Taraxacum officinale também é conhecida como coroa-de-monge, quartilho e até por taráxaco, este último derivando diretamente de seu nome científico. Ela possui caráter medicinal, servindo até para tratar o vírus Influeza e sua flor pode atingir até 30 centímetros de altura. Como significados, o dente-de-leão passa a mensagem de liberdade e esperança.

O nome curioso dessa flor deriva de duas origens. A primeira é que o fruto da planta lembra vagamente uma minúscula presa do gigante felino. Já a segunda parte do formato das folhas, as quais lembram os caninos do leão.

READ  HBO MAX | Serviço de streaming confirma operação na America Latina, mas não inclui o Brasil

Nos livros, Katniss decide começar a caçar na floresta (com uns 12 anos) após encarar um dente-de-leão na escola um dia depois do episódio em que Peeta lhe atirou dois pães na chuva. A garota em chamas sente esperança ao encarar a flor por alguns momentos.

Já após seu voluntariado para ir para os Jogos no lugar de Prim, Katniss recebe do pai de Peeta uma pequena trouxinha contendo dentes-de-leão. Talvez simbolizando que ele tinha esperanças de que ela vencesse a 74ª edição dos Jogos Vorazes.

Também existe essa espécie de dente-de-leão amarela, diferente da espécie clássica que sempre vemos em filmes

Rue

Esta talvez seja a minha planta predileta da saga. A ruta ou arruda possui o nome de Ruta graveolens, pertencente à família das Rutáceas. Esta também é uma planta com efeitos medicinais, rimando com o fato de a personagem utilizar ervas para ajudar Katniss após as picadas das teleguiadas. Porém, este não seu detalhe mais interessante.

A planta carrega várias metáforas e conceitos místicos que datam de milênios atrás. Ela foi muito usada em cerimônias religiosas e culturais por ser considerada uma planta da pureza. Já na literatura, ela carrega o símbolo do pesar e da liberdade.

O nome “ruta” deriva da palavra grega reuo, que significa deixar livre, uma vez que os curandeiros acreditavam que a planta fizesse a pessoa ficar livre de doenças. E realmente fazia: a ruta pode ser utilizada como analgésico, anti-inflamatório, calmante e até como repelente. E ainda por cima, serve como remédio natural para problemas renais, asma, enxaquecas, hemorroidas e muito mais.

Belíssima, né gente?!

FILMES | As flores no universo de Jogos Vorazes photo 2

Amoras-cadeado

As amoras-cadeado presentes no final do primeiro livro e do filme (não vou dizer em quais momentos: é um baita spoiler) na realidade não existem. Elas são frutas venenosas que foram inspiradas em plantas reais, porém, existem apenas teorias baseadas nas descrições da fruta e do seu efeito mortal.

Provavelmente, a amora-cadeado foi inspirada em duas plantas com níveis parecidos de toxicidade: a beladona ou Atropa beladona e a cicuta ou Conium maculato. As duas plantas eram utilizadas como venenos pelos gregos e romanos, porém, foi a cicuta quem ficou famosa por ter sido o veneno utilizado para matar o grande filósofo Sócrates.

Esta é a cicuta: uma flor linda, mas também um dos venenos mais mortais do planeta

As amoras cenográficas do filme são, provavelmente, mirtilos ou blueberrys, que são redondinhas e uniformes e não são venenosas. São uma delícia, inclusive. As amoras de verdade são como várias minúsculas uvas coladas umas nas outras, dando uma superfície irregular à fruta.

READ  CRÍTICA | ‘Noite Passada em Soho’: Ótimo suspense estranho

Dessa forma, dá pra imaginar que as amoras-cadeado sejam as frutinhas da beladona, a qual deve ter sofrido hibridismo coma cicuta. Mas nunca teremos certeza.

E esta é a beladona: uma planta usada para fins medicinais que é extremamente venenosa

Rosa branca

A rosa branca também é conhecida como Rosa alba e é uma rosa híbrida pertencente à família Rosaceae. A primeira vez que foi cultivada foi em territórios grego e romano. Os agricultores da época cruzaram rosas caninas com rosas damascenas, originando a rosa branca! Mendel estaria orgulhoso!!

A rosa possui um cheiro doce e agradável. Por isso dizem os boatos que o Presidente Snow a utilizava no peito para ocultar o odor das feridas em seu trato digestivo devido à ingestão de venenos. Ele envenenava seus inimigos e bebia a mesma bebida para evitar suspeitas. Porém, os antídotos nunca funcionavam com 100% de eficácia.

Apesar de a rosa branca acumular significados como pureza, esperança (“Um pouco de esperança é eficaz, muita esperança é perigoso”) e inocência, ela também carrega o sentido dos segredos, sigilo e silêncio. Mais do que apropriada para o personagem.

Nos livros e filmes, o Presidente Snow costuma deixar rosas brancas como sinal de ameaça. Ele deixou uma rosa branca na casa de Katniss certa vez e, no terceiro livro e filme, o presidente joga centenas de rosas albas nos locais de bombardeamento do Distrito 13. Além disso, seu jardim está repleto delas, demonstrando que quem cruzar as fronteiras de seu palácio estará rodeado de ameaças.

Suzanne Collins foi bastante certeira em realizar essa associação entre os personagens e as flores. Além do conhecimento de plantas ser essencial para vencer os Jogos Vorazes, a humanidade cresceu com uma mistura de realismo e misticismo em cima da flora natural e híbrida. Guerras começaram e terminaram pelo poderio de plantas venenosas. Relacionamentos começaram e se salvaram pelo rito de presentear os amados com flores. E até para fins de psicoterapia as plantas são aliadas poderosas!

“Feliz Jogos Vorazes! E que a sorte esteja sempre a seu favor.”

Autor do Post:

Matã Marcílio

administrator

Um pré-fisioterapeuta nordestino que, perdido no mar das incertezas, fez das palavras seu refúgio. Um pouquinho mais de duas décadas de leitura e sedentarismo causado pelo prazer de deitar em frente a um espelho negro e observar toda a glória do homo sapiens ao escapar da realidade terrivelmente entediante. “Jojo Betzler. Hoje, só faça o que puder.”

    Rate article