PRIMEIRAS IMPRESSÕES | “Law School” promete surpreender a cada episódio

Siga e Compartilhe:

A recém lançada produção asiática mostrou em seus dois primeiros episódios a que veio: surpreende, choca e não deixa o espectador ousar pressionar o pause em seu controle remoto.

A premissa principal do dorama remete muito a uma série já mundialmente conhecida. Sim, estou falando de “How to Get Away With Murder”. Em “Law School” temos um grupo de alunos apegado ou com algum vínculo (seja ele interesse ou de qualquer outro tipo) por um professor, e é claro, um assassinato. Mas, as similaridades se esgotam por aqui. 

Nos dois primeiros episódios lançados na semana de estreia na Netflix, o k-drama explora o sistema frágil da justiça da Coréia, como as leis podem ser obsoletas e como a maior ameaça pode surgir daquele que conhece a lei e como driblá-la e não um bandido qualquer. 

É possível sentir raiva e aversão por diversos momentos da história, e este é o proposito, a realidade causa repúdio.  

No entanto, não se engane, a série coreana não é somente de críticas sociais. O mistério e a dinâmica do direito a reveste por inteiro. Logo nos primeiros minutos descobrimos um assassinato, e o tempo funciona como um iô-iô, vai e volta enquanto a história é contada (ao contrário de HTGAWM que mostra o fim no começo mas depois é contada de forma linear). Isso pode causar certa confusão, mas só se você não prestar atenção. Porque os episódios são bem claros e coesos e mostram o que a gente precisa saber naquele momento.

É divertido porque Law School é como se fosse um quebra-cabeça ou um jogo de tabuleiro (Detetive). Você precisa fazer as perguntas certas, juntas os suspeitos corretos e torcer para que sua teoria esteja correta.

Não poderia de deixar de exaltar a fotografia e a direção dos episódios, que de propósito focam em determinados personagens para aguçar nossa expectativa em relação aos futuros episódios. Bem como, os focos na estátua da deusa grega dos julgamentos e da justiça, que repousa no meio do hall da faculdade, e como é focado em sua venda que cobre seus olhos evidenciando o verdadeiro problema ali.

READ  “Milhas de Distância” é, de fato, um dos meus livros favoritos

Os atores são excepcionais, tanto os alunos quanto os professores. O k-drama está recheado de estrelas (você pode ver na nossa matéria aqui) e não deixa a desejar. Cada personagem trás consigo uma história por trás o que torna a história muito mais interesse, gerando um desenvolvimento coeso e criando mais um suspeito na trama cheia de mistério.

Estou ansiosa para acompanhar o drama e espero que ele não caia na mesmice e no óbvio e continue a me surpreender toda semana. Acredito que esta produção tem todo potencial do mundo para fazer a dramaland parar tudo para teorizar toda semana.

“Law School” está sendo exibida na Netflix toda quarta e quinta. Caso você não tenha acesso ao streaming pode assistir no DramaFanSubs.

Autor do Post:

Ludmilla Maia

administrator

25 anos. Criadora e uma das fundadoras da Tribernna, escrevo pra internet desde 2016. Amo podcast como amo cultura asiática e heróis. Nas horas vagas, concurseira e bacharel em direito.

Um dia eu te conto o que significa o nome “Tribernna”.

    Rate article