3T INDICA | 4 Séries indicadas ao Emmy que são baseadas em livros

Siga e Compartilhe:

No próximo dia 19 (domingo) acontece a 73° edição do Emmy, evento que visa premiar os maiores sucessos da TV. Nos últimos anos o evento tem sido marcado por um grande número de séries e minisséries que são baseadas em grandes sucessos da literatura norte-americana e esse ano não será diferente. Pensando nisso separei 4 obras que são baseadas em livros e estão entre as favoritas a premiação. 

Table of Contents

Lovecraft Country 

Lançada em 2020 pela HBO, “Lovecraft Country” traz elementos de fantasia, ficção científica e terror do universo criado por H.P Lovecraft.  Ambientado nos anos 50, a história segue  Atticus Turner (Jonathan Majors) em uma jornada de descoberta pela sua própria história em um período de forte segregação racial. A minissérie certamente foi o melhor e maior marco da HBO no ano de 2020, que rendeu a indicação de Melhor série dramática no Globo de Ouro de 2021 e 5 indicações ao Emmy 2021. Confira aqui a nossa crítica da série.

READ  FILMES | Issa Rae será a Mulher-Aranha na sequência de Homem-Aranha no Aranhaverso

A minissérie é baseada no livro “Território Lovecraft”, escrito por Matt Ruff e possui 352 páginas. Confira a sinopse do livro:

Nos Estados Unidos segregados da década de 1950, Atticus é um rapaz negro, veterano da Guerra da Coreia, fã de H. P. Lovecraft e outros escritores de pulp fiction. Ao descobrir que o pai desapareceu, ele volta à cidade natal para, com o tio e a amiga, partir em uma missão de resgate. Na viagem até a mansão do herdeiro da propriedade que mantinha um dos ancestrais de Atticus escravizado, o grupo enfrentará sociedades secretas, rituais sanguinolentos e o preconceito de todos os dias.

A minissérie possui dez episódios e está disponível na HBO MAX.

O Conto da Aia

Já famosa pelas temporadas anteriores e pelas polêmicas pela semelhança com diversas realidades de mulheres ao redor do mundo durante anos, é inegável a importância da série The Handmaid’s Tale na atualidade por todos os temas que ela aborda sem filtros. A série é uma das mais premiadas dos últimos tempos e na sua quarta temporada não fez diferente. Ela levou nada mais nada menos que 21 indicações ao Emmy 2021 em diversas categorias. Entre as principais indicações estão a de melhor série dramática, melhor atriz em série dramática, 4 indicações de atrizes coadjuvantes e 3 de atores coadjuvantes, etc. Você pode conferir aqui a nossa crítica da quarta temporada.

A série é baseada no livro “O conto da Aia” de Margareth Atwood e, apesar da trama ficcional, foi inspirada em fatos que realmente aconteceram ao redor do mundo.  Ele tem 368 páginas  e você pode conferir a sinopse logo abaixo: 

 A distopia se passa num futuro muito próximo e tem como cenário uma república onde não existem mais jornais, revistas, livros nem filmes. As universidades foram extintas. Também já não há advogados, porque ninguém tem direito a defesa. Os cidadãos considerados criminosos são fuzilados e pendurados mortos no Muro, em praça pública, para servir de exemplo enquanto seus corpos apodrecem à vista de todos. Para merecer esse destino, não é preciso fazer muita coisa – basta, por exemplo, cantar qualquer canção que contenha palavras proibidas pelo regime, como “liberdade”. Nesse Estado teocrático e totalitário, as mulheres são as vítimas preferenciais, anuladas por uma opressão sem precedentes. O nome dessa república é Gilead, mas já foi Estados Unidos da América.

As 3 primeiras temporadas da série estão disponíveis no Globoplay e a série completa no Paramout+

READ  PRIMEIRAS IMPRESSÕES | Estreia promissora de “Loki” mostra desconstrução do herói e introduz jornada independente

O Gambito da Rainha 

Uma das maiores apostas da Netflix nas premiações desse ano é o Gambito da Rainha, a minissérie dramática lançada no final de 2020 é protagonizada por Anya Taylor-Joy, , uma enxadrista prodígio, que desde criança ganha inúmeras competições de xadrez. A série foi um sucesso de público e crítica e as suas 18 indicações ao Emmy 2021 são a prova viva disso, entre as principais categorias estão a de melhor série limitada, melhor atriz , roteiro e direção. Você pode conferir a nossa crítica da série aqui.

Mas o que muita gente não sabe é que a história produzida pela Netflix é baseada em um livro de mesmo nome escrito por Walter Tevis e lançado no Brasil pela editora Arqueiro. Ele possui 304 páginas e você pode conferir a sinopse abaixo:

Depois de perder a mãe aos 8 anos de idade, Elizabeth Harmon é mandada para o orfanato. Calada e retraída, ela lida com a triste realidade tomando os tranquilizantes que a instituição fornece às crianças para mantê-las dóceis. Até que o carrancudo zelador do lugar começa a lhe dar aulas de xadrez, oferecendo a chance de que ela precisava para sair de seu estado de letargia. Pensando e imaginando as jogadas, Beth sente que finalmente está no controle, e logo fica evidente que tem um talento natural para o jogo.

Bridgerton 

Uma das maiores produções da Netflix em 2021 foi o tão aguardado lançamento da série Bridgerton, uma das sagas mais queridas dos leitores brasileiros. A trama conta a historia de Daphne Bridgerton, uma jovem espirituosa que anseia pelo casamento, mas que busca mais que tudo um pretendente que seja seu melhor amigo e que a ame de verdade para além das obrigações dos compromissos familiares. Até que em uma armação para atrair pretendentes acaba se apaixonando pelo seu melhor amigo. A série recebeu 12 indicações ao Emmy 2021 entre elas na categoria de melhor série dramática e melhor atriz. 

READ  CRÍTICA | “MOXIE” é o filme que toda adolescente precisa, mas infelizmente com uma péssima protagonista

A série é baseada na coleção de livros de mesmo nome e são escritos pela Julia Quiin. São 8 edições e cada uma retrata a história de um dos irmãos da família Bridgerton e sua trajetória dentro da sociedade vitoriana. 

Com uma temporada de 8 episódios a série está disponível no catálogo da Netflix. 

Autor do Post:

Yara Lima

administrator

Uma das fundadoras da Tribernna, estudante de comunicação social, nordestina e periférica. Divide o tempo entre ler, dormir e escrever por ai!

    Continue Reading

    Previous: SÉRIES | Terceira temporada de “You” tem trailer divulgado
    Rate article