ESPECIAL K-DRAMA | Os 12 dramas coreanos mais comentados de 2021

Siga e Compartilhe:

2021 foi um ano de ressaca, total e completamente… se eu tiver assistido uns 20 dramas, assisti muito, as novidades dançavam na minha cara e eu simplesmente não queria aceitar quase nenhuma. Mas tudo bem, esse tipo de coisa acontece, o que importa é que todo final de ano nós temos a nossa retrospectiva do ano com os melhores dramas mensais e sempre uma maravilha derreter o coração com cada obra de arte que apareceu durante o ano.

Em janeiro tivemos She Would Never Know, O k-drama é uma adaptação de um romance (web novel), que conta a história de amor da perfeccionista Yoon Song Ah (Won Jin Ah) e seu jovem estagiário Chae Hyun Seung (Rowoon), que trabalha com ela na equipe de marketing de uma marca de cosméticos.

A trama é bastante madura, e ouso dizer que ela tem potencial para criticar a forma como as mulheres são mais julgadas que homens no trabalho. Inclusive, o drama dá essa brecha logo no primeiro episódio. Torcemos para que não deixem isso de lado. É um fator importante, tanto pra história quanto pra sociedade.

She Would Never Know está disponível nos principais fansubs. Confira o trailer a seguir

Em fevereiro a dramaland descobriu que além de português e coreano, nós também entendemos italiano, “questo edificio è mio” foi o jargão mais utilizado no começo do ano, o que rendeu muitos memes e estampas novas de camisa. Vincezo conta a história do advogado italiano e consigliere da máfia Vincenzo Cassano, que viaja para a Coreia devido a um conflito dentro de sua organização e acaba se envolvendo em tramas que requerem que a justiça seja feita com suas próprias mãos.

Vincenzo está disponível na Netflix. Confira o trailer a seguir

Em março tivemos uma montanha russa de sentimentos com o ratinho do Seung Gi, Mouse foi um dos dramas mais pesados do ano de 2021, ele é uma história de suspense que faz a pergunta-chave: “E se pudéssemos identificar psicopatas com antecedência?”… antecedência do tipo: bebê ainda em formação… essa discursão abre precedente para abortos baseados em estudos que podem ou não serem verdadeiros.

Os assassinatos impiedosos de um assassino em série enlouquecido deixaram a nação inteira dominada pelo medo, e reina o caos. O policial novato em busca de justiça, Jung Ba Reum (Lee Seung Gi), se depara com o assassino. Enquanto sobrevive a seu perigoso encontro com o psicopata, o jovem encontra sua vida mudando completamente diante de seus olhos.

Alerta: o drama é cheio de gatilhos, o primeiro episódio lançou como +18 na Coreia, contém tortura animal, assassinato e violência envolvendo criança

Mouse está disponível no Viki. Confira o trailer a seguir

Em abril conhecemos o taxista mais desejado e mais amado da dramaland, Kim Do Gi (Lee Je Hoon) tem vivido mais honestamente do que qualquer outra pessoa como oficial das Forças Especiais. No entanto, quando um assassino em série assassina sua mãe, ele passa seus dias em agonia. Enquanto se sente injustiçado e quebrado, Do Gi conhece Jang Sung Chul (Kim Eui Sung), que o recruta para trabalhar para sua empresa, a Rainbow Taxi. Longe de um serviço de táxi comum, o Rainbow Taxi é uma organização secreta que vinga vítimas que a lei não protegeu. Aqui, Do Gi se torna um motorista estrela que se vinga satisfatoriamente. Enquanto isso, Kam Ha Na (Esom) é uma promotora que investiga a companhia. Ela está furiosa com seu comportamento sem lei, mas ao mesmo tempo, sente-se confusa ao vê-los resolver casos que a lei não pode. Entre aqueles que acreditam que a vingança encarna a verdadeira justiça e aqueles que perseguem os foras-da-lei, Do Gi busca o que a justiça realmente significa.

READ  TELECINE | Projeto Gemini, A Familia Addams e outros filmes entram no catálogo neste mês de julho

Taxi Driver está disponível no Viki Confira o trailer a seguir.

Em maio, Desgraça ao Seu Dispor contou a história de Tak Dong-Kyung (Park Bo-Young), ela é uma editora de livros de romance em uma empresa que trabalha apenas com escritores que postam seus trabalham online. Dong-Kyung é diagnosticada com gliobastoma, é um tipo de doença que desenvolve múltiplos tumores e todos estão no seu cérebro, ela corre risco de vida tanto em escolher fazer a biópsia quanto em continuar vivendo com os tumores e não fazer nenhum tipo de tratamento, seu médico lhe dá um período de 3 meses caso ela resolva não optar pela cirurgia, e é o que ela faz… já no primeiro episódio, a personagem de Bo-Young inicia o seu processo de despedida com seus amigos mais próximos, com o seu trabalho e sua família e durante a elaboração dos planos para um futuro de curtíssimo prazo, seu destino cruza caminho com a Desgraça (Seo In-Guk), com isso, eles acabam selando um contrato de 100 dias, nos quais ela não sentiria dor caso segurasse em sua mão pelo menos uma vez ao dia, e ele se beneficiaria levando a alma da pessoa que ela mais ama.

Desgraça ao Seu Dispor está disponível no Viki. Confira o trailer a seguir

Em junho, Racket Boys conta a história de um time mediano de badminton masculino em uma escola em Haenam enquanto eles crescem, tanto como pessoas quanto como jogadores.

Yoon Hyun Jong (Kim Sang Kyung) já foi um jogador de badminton muito bom, mas agora ele luta para conseguir o sustento de sua família. Por isso, ele se atira à chance de treinar um time de escola, apenas para encontrar se decepcionar com uma equipe totalmente desfalcada e só contendo três jogadores: Bang Yoon Dam (Son Sang Yeon), Na Woo Chan (Choi Hyun Wook), e Lee Yong Tae (Kim Kang Hoon). Os três garotos iniciam a jornada do badminton juntos, melhorando cada vez mais enquanto Yoon Hae Kang (Tang Jun Sang), filho de Yoon Hyun Jong, se junta ao time junto com Jung In Sol (Kim Min Ki). Agora tendo jogadores suficientes para entrar em competições, eles tentam subir a novos patamares.

Racket Boys está disponível na Netflix. Confira o trailer a seguir

Em julho conhecemos e dividimos o nosso coração com o “Juiz Diabo”

Situada em uma versão distópica da Coreia atual, onde a vida cotidiana é um caos e a sociedade caiu ao ponto de as pessoas expressarem abertamente sua desconfiança e ódio por seus líderes. Neste mundo desprovido de lei e ordem, o Juiz de Julgamento Chefe Kang Yo Han (Ji Sung) sinaliza a necessidade de mudança. Sua sala de audiências se torna um reality show onde ele pune os culpados sem piedade, ganhando-lhe o apelido de “Juiz do Diabo”. Como figura divisória com uma aura de mistério que desmente sua verdadeira identidade e ambições, o público não tem certeza se ele é um verdadeiro herói ou alguém, semeando conscientemente as sementes do descontentamento em sua sala de audiências.

READ  CRÍTICA | O terror do clássico e novo na mesma tela em The Medium

Uma rivalidade amarga tomou forma entre o “Juiz Diabo” e a altamente ambiciosa Jung Sun Ah (Kim Min Jung) , que saiu da pobreza para se tornar um diretor de fundação de responsabilidade social corporativa. Neste mundo turbulento entram dois amigos de infância em busca da verdadeira justiça: o juiz novato Kim Ga On (Park Jin Young) e a oficial de polícia Yoon Soo Hyun (Park Gyu Young).

The Devil Judge está disponível no Viki. Confira o trailer a seguir

Em agosto, veio a adaptação da webtoon D.P Dog Day de Kim Bo Tong, que aborda a vida dos soldados do exército sul coreano em seu período de alistamento obrigatório.

A trama segue a história de Jun Ho (Jung Hae In) que, no começo de seu alistamento, é convocado para integrar o esquadrão especial D.P, responsável por capturar desertores do exército. Durante os 6 episódios nós acompanhamos a jornada do protagonista em entender a história de cada desertor até trazê-lo de volta (ou não) a base militar, e, além disso, também acompanhamos a dura vida dos soldados que são submetidos diariamente a assédios e violência física de seus superiores.

D.P – Dog Day está disponível na Netflix. Confira o trailer a seguir

Em setembro, Round 6 acompanhou um grupo de pessoas desesperadas por dinheiro que acabam sendo inseridas em um jogo pra lá de macabro, onde o vencedor leva uma bolada em dinheiro mas os perdedores saem mortos do jogo. A premissa não é inédita, inclusive você acaba pensando muito em Jogos Vorazes por diversas vezes, principalmente quando o jogo recebe alguns espectadores que vibram a cada morte. No entanto, o dorama está longe de ser igual Jogos Vorazes. Aqui não há uma trama ou crítica política, é mais um experimento humano, como uma versão mais leve de Jogos Mortais.

Round 6 chamou atenção também das premiações internacionais, pela primeira vez um drama coreano está concorrendo em três categorias do Globo de Ouro, entre elas, estão: Melhor Série de TV – Drama, Melhor Ator em Série de TV – Drama (Lee Jung-Jae), Melhor Ator Coadjuvante em TV (Oh Yeong Su)

Round 6 está disponível na Netflix. Confira o trailer a seguir

Em outubro My Name, que estreou na Netflix em 15 de outubro, foi capaz de nos envolver em uma trama que foi além do conteúdo superficial que o gênero pode trazer, apesar de ser muito convincente e apostar em uma qualidade técnica no mesmo nível de produções cinematográficas nas cenas de ação, a história também se banha do drama da vida da protagonista que abdica de tudo em sua vida para vingar a morte de seu pai.

READ  GAMES | Battlefield 1 está gratuito para assinantes da Amazon Prime

O k-drama conta a história de Yoon Ji Woo (Han So-hee), uma mulher que, após presenciar o assassinato do pai, busca vingança a todo custo. Ela deposita sua confiança em um chefão do crime organizado da Coreia do Sul que promete justiça a ela. Sob seu comando, Yoon Ji Woo entra para polícia coreana na intenção de se tornar informante para ele.

My Name está disponível na Netflix. Confira o trailer a seguir

Em novembro, conhecemos um futuro distópico regido pelo temor de uma sentença divina, Profecia do Inferno explora afinco o terror causado pelos humanos ao manipular uma nação pelo sentimento mais primitivo que conhecemos: o medo, apoiando na fé e, é claro, em acontecimentos pra lá de bizarros que começam a acontecer em Seul.

O que era para ser uma história de terror com monstros e mortes explícitas acaba se transformando em uma reflexão sobre como o ser humano consegue ser a sua pior versão no pior momento da humanidade. Não foi preciso o fim do mundo chegar para que fosse exaltado esse lado, pelo ao contrário, os eventos mostram que isso é capaz de gerar realmente o fim do mundo, ainda mais pelo fato de acompanharmos a criação de um grupo radical que açoita a população a bel prazer.

Profecia do Inferno está disponível na Netflix. Confira o trailer a seguir

Em dezembro, para encerrar o ano com chave de ouro, acompanhamos a história de uma cientista que decide se juntar a uma importante missão para recuperar misteriosas amostras de uma substância em uma estação espacial na Lua. Porém, algum tempo antes, um trágico acidente aconteceu na estação, matando todos os astronautas que estavam lá, incluindo sua irmã. Agora esse novo grupo precisará descobrir o que aconteceu e talvez enfrentar uma perigosa ameaça. 

A trama nos ambienta logo no começo em um futuro quase que apocalíptico, em que a humanidade atravessa por uma escassez de água, sendo nossa última esperança a Lua. Ao nos introduzir na história o k-drama já aborda uma problemática bem presente na nossa sociedade: a desigualdade social. No entanto, adaptando para o seu enredo, a narrativa cria “categorias” de classes sociais que privam os mais pobres da água restante.

O Mar da Tranquilidade está disponível na Netflix. Confira o trailer a seguir

Se você acompanhou até aqui, obrigada por estar comigo nesta retrospectiva tão especial, que 2022 seja cheio de novidades boas na dramaland e que possamos aumentar ainda mais nossa listinha de dramas. Annyeonghaseyo, chingus, até ano que vem.

Avalie a produção!

Autor do Post:

Barbara Sales

administrator

A dorameira que, de vez em quando, se perde na lista de dramas, mas que sempre está adicionando coisas novas. Aprendiz da Corvinal, gosto de ler uns livros aqui e acolá e, raramente, escrevo sobre. Amante de fantasias e romance (não necessariamente na mesma ordem).

    Continue Reading

    Previous: CRÍTICA | Com a briga do século em tela, “Feud” carrega atuações brilhantes
    Rate article